Princípio de incêndio atinge ar-condicionado em Gaspar; bombeiros fazem alerta sobre riscos

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Por: Luan Tamanini

11/01/2024 - 10:01 - Atualizada em: 11/01/2024 - 10:04

O Corpo de Bombeiros foi acionado na madrugada desta quinta-feira (11) para atender uma ocorrência de princípio incêndio em um apartamento em Gaspar.

A ocorrência foi registrada por volta das 4h15 na Rua Manoel Bittencourt, no bairro Sete de Setembro. Segundo os bombeiros, a situação foi provocada por um sobreaquecimento seguido de um curto-circuito e chamas no aparelho compromessor do ar-condicionado do apartamento.

Conforme relato, as chamas se restrigiram à parte externa do apartamento e se extinguiram antes da chegada dos bombeiros. O disjuntor foi automaticamente desligado e não foram registrados danos no interior do apartamento.

O morador foi orientado a buscar um técnico para fazer manutenção ou até mesmo trocar o ar-condicionado. Os bombeiros também recomendaram que ele fizesse contato com o proprietário do apartamento para fazer uma verificação ou atualização da fiação da rede elétrica e painel de disjuntores.

Importância da precaução

O Corpo de Bombeiros aproveitou a situação para reforçar a importância da precaução, com a verificação periódica da fiação e instalação de eletro-eletrônicos – como o ar-condicionado, solução encontrada por muitos moradores para amenizar o forte calor registrado no ínicio do ano.

“Com esta onda de calor nos últimos dias, muito da rede elétrica está sendo utilizada, forçando assim, as instalações, no tocante, às residencias. Orientamos que façam, verificação periódica na fiação, nas instalações de eletro-eletrônicos, emendas de fio, painel de disjuntores, interruptores e tomadas, etc, tudo isso, afim de poder evitar futuros incêndios que muitas vezes resultam em tragédias”, destacou a corporação.

“O mesmo pedido serve também para as instalações de GLP. Utilizem mangueiras e reguladores dentro da validade especificada, à cada troca de botijão, façam, o teste com espuma de sabão para apurar se há ou não algum eventual vazamento. Evitem botijão de GLP dentro de suas residências”, finaliza o Corpo de Bombeiros.