Neste sábado, foi o último dia da missão em Petrópolis da primeira equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). Após sete dias de trabalho, principalmente na denominada área Alfa 01, as equipes puderam auxiliar muitas famílias.

A missão de solidariedade resultou em 15 vítimas encontradas, além de muitos segmentos, sendo ainda um trabalho de esperança e empatia com cada familiar e amigo envolvido com a situação.

"Como ressaltamos, não se tratam de números, mas sim de pessoas e de famílias que puderam ser confortadas. Não foram momentos fáceis, foram dias de muito trabalho, em meio a escombros, lama e fora da zona de conforto de qualquer militar empenhado, mas nossos cinotécnicos fizeram o melhor possível dentro daquilo que era esperado", constou a corporação.

Hoje foi o sétimo dia de trabalho efetivo do CBMSC no local, oitavo no Rio de Janeiro e décimo segundo da tragédia.

Fotos: Divulgação CBMSC

Troca de equipes

Neste domingo haverá a troca da equipe em atuação no Rio de Janeiro que será comandanda pelo major Clemente Michels, que também atuará como binômio, com o cão Chewbacca, dupla que também atuou em Brumadinho.

Militares e cães do CBMSC que irão nesta segunda missão

Major Michels e Chewbacca - Joinville
Cabo Valdeley e Marley - Governador Celso Ramos
Cabo De Souza e Zaara - Brusque
Cabo Premoli e Bono - Araranguá
Soldado Pinheiro e Sol - Chapecó
Soldado Rangel e Orion - Lages
Soldado Kull (logística) - Itapema
Sargento Ewerton (comunicação) - Chapecó

O briefing desta missão será realizado no Rio de Janeiro, quando os comandantes se encontrarão, um chegando e o outro voltando para Santa Catarina. Mais uma vez o transporte será realizado pela aeronave Arcanjo com voos programados para 8h e outro 13h.

Novamente o grupo será dividido em dois. Cada um desses voos levará a nova equipe ao RJ e trará os integrantes da primeira equipe do CBMSC para casa.