A Polícia Rodoviária Federal identificou o motorista que causou um acidente com vítimas no dia 10 de dezembro, às 17h, na BR-116, em Mafra. A notícia foi divulgada na noite desta quinta-feira (15). As imagens do capotamento percorreram o WhatsApp durante alguns dias e foram captadas por uma câmera da concessionária da rodovia. O condutor de 56 anos fugiu do local e vai responder por lesão corporal e omissão de socorro.

A identificação aconteceu após um trabalho minucioso de investigação. As imagens mostram uma picape cor escura invadindo a pista contrária durante uma ultrapassagem em local proibido. Um automóvel de cor branca, que vinha no sentido contrário, desviou à direita para evitar a colisão frontal, colidiu em um barranco e capotou três vezes. Os dois ocupantes da Volkswagen Saveiro placas de Mafra, agricultores com 56 e 25 anos, pai e filho, foram conduzidos ao hospital da cidade com lesões graves, mas já receberam alta.

Com as informações obtidas junto aos envolvidos, através da análise de imagens de outras câmeras da concessionária, imagens de um posto de combustível da região e muito trabalho investigativo, os policiais conseguiram identificar o veículo causador do acidente, uma Nissan Frontier com placa de São Paulo (SP). A polícia entrou em contato telefônico com o proprietário de 56 anos, que compareceu na PRF em Mafra nesta quarta-feira (14) e assumiu a responsabilidade pelo acidente. Ele vai responder judicialmente pelos crimes de lesão corporal e omissão de socorro. Além disso, a PRF promoveu um encontro entre ele e a família das vítimas, que serão indenizadas pelos prejuízos pessoais e financeiros.

https://www.youtube.com/watch?v=eg3J1FlG01Q&feature=youtu.be