A Polícia Civil prendeu um homem que instalou um equipamento no caixa eletrônico de uma agência bancária para lesar clientes que usavam o terminal, no Centro de Tijucas. A prisão ocorreu na terça-feira (4) pela Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

O equipamento, conhecido como “chupa-cabra”, consiste em um componente eletrônico que registra todos os dados do cartão utilizado por qualquer cliente no caixa eletrônico, inclusive o código de segurança. Com isso, permite aos criminosos usarem esses dados em compras pela internet, até gastarem todos os valores existentes na conta ou até o limite do cartão.

Como foi a prisão

O homem de 36 anos, natural da Bahia, foi flagrado pelos policiais civis quando tentava retirar o equipamento, sendo preso pelo crime de furto qualificado. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

Para apurar a responsabilidade, a instituição financeira trabalha para identificar os clientes que tenham sofrido prejuízo e também a ação do criminoso em outros dias anteriores no local.