Na tarde desta terça-feira, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Pedras Grandes, e a Polícia Militar, cumpriram um mandado de prisão preventiva contra um homem investigado em inquérito policial por suspeita de estupro de vulnerável.

As vítimas são três enteadas e os abusos ocorreram no transcorrer de vários anos.

Durante as investigações, foram colhidos indícios da prática dos crimes, tendo a autoridade policial representado pela prisão preventiva do suspeito.

O parecer foi favorável do Ministério Público e o mandado deferido pelo Judiciário.

O preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Segundo a Polícia Civil, o inquérito será finalizado e remetido no prazo legal.