O delegado André Milanese, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, detalhou nesta segunda-feira, os crimes cometidos por um homem, de 27 anos, capturado no sábado pela Polícia Militar, no bairro Renascer. Ele estava com mandado de prisão em aberto.

A prisão preventiva foi solicitada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa da DIC devido à participação dele na tentativa de homicídio, praticada em 17 de junho do ano passado, contra um homem que foi severamente agredido na região da cabeça e teve sua moto incendiada (foto) por ser acusado de estar oferecendo carona para crianças do bairro.

Segundo o delegado, a vítima permaneceu por várias semanas internada e ficou com sequelas em razão da agressão.

 

“Ele também é suspeito de ter participado do último homicídio da cidade, praticado em 10 de dezembro do ano passado, também no bairro Renascer, ocasião na qual um homem de 27 anos foi linchado e queimado vivo, investigação essa que ainda está em curso”, concluiu o delegado.