O presidente do Sindicato dos Mineiros de Criciúma e Região, Djonatan Matei Elias, o “Pirigueti”, foi detido pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira, por volta das 15h50min, na rua José Brolezzi, no bairro Ouro Negro, em Forquilhinha, por porte ilegal de arma de uso permitido.

Segundo a PM, as guarnições do município receberam uma denúncia de que o condutor de um veículo Golf estava na localidade mostrando uma arma de fogo e ameaçando algumas pessoas.

Em rondas, os policiais avistaram o automóvel próximo da Rodovia Gabriel Arns e, durante a abordagem, flagraram-no portando uma pistola, calibre 380, com 19 munições, na cintura. Já no porta-luvas foi encontrado um carregador com oito munições intactas.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia.

Foto: Divulgação PM

Contraponto

Em entrevista ao blog da jornalista Karina Manarin, Pirigueti, que está em campanha em Forquilhinha pelo ex-prefeito Lei Alexandre, do PP, alegou receber ameaças do candidato a prefeito pelo PSD, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, e confirmou que estava armado na ocasião da abordagem nesta tarde.

"Eu estava fazendo visitas a alguns mineiros e houve uma abordagem. Minha arma está aqui na minha cintura", reforçou.

Pirigueti disse ainda ao blog que seu carro tem vários "santinhos", não somente do candidato para quem ele faz campanha em Forquilhinha, mas para de outros municípios, como a candidata do PP, Dalvânia Cardoso, em Içara, também do PP em Lauro Müller, Valdir Fontanella e Dr. Anibal Dário, do MDB, em Criciúma.

"Quem está em campanha não é o presidente do Sindicato, mas o Pirigueti cidadão", concluiu ao blog de Karina.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul