Resumo da notícia:

  • Guaramirim deve decretar situação de emergência devido às chuvas
  • SC-108 foi interditada no trecho das obras de contenção
  • Dez famílias foram retiradas de suas casas

 

A Prefeitura de Guaramirim deve decretar situação de emergência no município nesta quinta-feira (6). O município enfrenta dificuldades após o grande volume de chuva registrado nos últimos dias.

A decisão foi tomada após uma reunião realizada durante a manhã desta quinta com a Defesa Civil de Santa Catarina. Na quarta-feira (5), a SC-108 foi interditada no quilômetro 34, onde estão sendo realizadas as obras de contenção na Vila Freitas.

 

 

De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil de SC, Osvaldo Gonçalves, o grande volume de chuva provocou fissuras no barranco e o peso dos veículos que passam pela rodovia pode agravar a situação. Foram registrados 155 milímetros de chuva nas últimas 72 horas no município.

Os técnicos realizaram um sobrevoo pela obra com um drone. Eles identificaram que não está saindo água por uma canalização. Gonçalves afirma que essa água pode estar infiltrando no morro e causando ainda mais risco.

Risco de desmoronamento

Parte da rua Rafael Marangoni, no Morro do Schmidt, foi interditada após o risco iminente de desmoronamento. Ao todo, dez famílias foram retiradas do local. Uma delas está em abrigo disponibilizado pela Prefeitura e as outras nove na casa de amigos e parentes.

“Após quase um ano, é a segunda vez que estamos fazendo esse decreto devido ao que aconteceu no município como um todo. Não só pela situação no Morro do Schmidt e na Vila Freitas. Tivemos muitos alagamentos na área central e no interior do município”, comenta o prefeito Luís Chiodini.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram