O prefeito de Massaranduba, Odenir Deretti, falou sobre os momentos de tensão vividos na última segunda-feira (12), quando um morador de rua invadiu o prédio da administração municipal e ameaçou servidores com uma faca e dois facões.

À reportagem do OCP News, o prefeito conta que estava em seu gabinete, no segundo andar, no momento em que o homem entrou para reivindicar quatro cães que haviam sido apreendidos pela Prefeitura após diversas denúncias de abandono.

"Quando me avisaram, eu desci do segundo andar para o primeiro e, realmente, ele estava lá, ameaçando o pessoal e muito bravo. Eu o chamei, conversei e ele me entregou um facão, entregou outro facão e consegui tirar a faca também", relatou o prefeito.

Deretti disse que se sentiu na obrigação de defender os servidores e que, após tirar as armas do homem, pediu para ele se retirar da Prefeitura.

Em seguida, a Polícia Militar chegou e realizou a prisão do invasor. Conforme os policiais, ele tentou fugir e teve de ser neutralizado com uma arma de choque.

 

Servidores precisaram correr

O prefeito de Massaranduba ressalta que o homem estava transtornado e "a fim de fazer uma besteira".

"Ele estava ameaçando todos os funcionários, inclusive pulando em cima das mesas, ameaçando de verdade, todo transtornado, querendo tirar proveito ou mesmo desferir uma 'facãozada' nos funcionários. A sorte é que eles correram e pularam as janelas e as mesas", disse.

Ainda segundo Deretti, o homem teria sido instigado por outras pessoas, que o acompanhavam, a cometer os atos.

 

Denúncias de abandono de animais

Deretti destaca que a Prefeitura recebeu diversas denúncias contra o homem por abandono de animais, e que os cães foram encontrados amarrados em uma carrocinha.

A administração municipal acabou recolhendo os quatro animais, que inicialmente foram entregues aos próprios denunciantes, até que a Prefeitura pudesse encontrar um novo destino para eles.

No momento, os cães estão em um abrigo, onde aguardam a chegada de novos tutores.

 

Segurança da Prefeitura será reforçada

Em decorrência da invasão, Deretti afirma que, ao menos momentaneamente, a segurança da Prefeitura será reforçada.

"Nós vamos nos reunir para discutir o que faremos, porque ele demonstrou que é uma cidadão perigoso e ameaçou fazer justiça com as próprias mãos. Então, provavelmente, vamos colocar um segurança aqui, pelo menos por um período, para garantir que os servidores não sejam afetados", finalizou o prefeito.