Prefeito de Barra Velha tem prisão mantida pela Justiça e vice assume

Foto: Facebook/Reprodução

Por: Claudio Costa

25/01/2024 - 08:01 - Atualizada em: 25/01/2024 - 13:27

O prefeito de Barra Velha, Douglas Elias da Costa, teve a prisão preventiva mantida pela Justiça.

Ele foi preso durante a Operação Travessia, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), nesta quarta-feira (24).

Segundo a defesa, Douglas passou por audiência de custódia.

Segundo a prefeitura de Barra Velha, o vice-prefeito, Eduardo Peres, assumiu a chefia do executivo no início da tarde.

Ao todo, oito mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

A operação investiga crimes de organização criminosa, corrupção e fraudes em licitações em município do litoral norte catarinense.

Os fatos são investigados em procedimento investigatório criminal em trâmite na Subprocuradoria Geral para Assuntos Jurídicos do Ministério Público, com apoio do Geac (Grupo Especial Anticorrupção), Gaeco e da Promotoria de Justiça de Barra Velha.

As investigações, que tiveram início em fevereiro de 2023, apontam supostos crimes de corrupção, com participação de agentes públicos e empresários, na execução de obras públicas.

Em contrapartida, é investigado o recebimento pelos agentes públicos de vantagens indevidas dos empresários contratados, às custas de aditivos em série e medições supervalorizadas.

A deflagração contou com o apoio da Polícia Científica. Os presos serão encaminhados ao Juízo para realização de audiência de custódia.

A investigação ainda corre em segredo de justiça, por determinação legal, mas, assim que houver a publicidade dos autos, novas informações poderão ser divulgadas.

*Com informações de ND+.