Um policial militar foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (28), em Joinville. O homicídio aconteceu na rua Monsenhor Gercino, no bairro Itaum, na zona Sul da cidade. Dois homens entraram em um estabelecimento comercial e realizaram diversos disparos contra o cabo da Polícia Militar Joacir Roberto Vieira, 43 anos. Joacir estava comprando um presente para o filho e tentou fugir, mas caiu após ser atingido. Os assassinos acertaram a vítima pelas costas e fugiram em alta velocidade em um Ford Fiesta de cor branca. O veículo foi localizado incendiado por um agente policial nos fundos da delegacia de Tijucas. Policiais da Delegacia de Homicídios, os delegados Dirceu da Silveira e Fabiano Silveira estiveram no local do crime. Testemunhas foram ouvidas e um inquérito foi aberto para apurar quem são os assassinos do PM. Barreiras policiais foram realizadas na zona Sul de Joinville, principalmente no bairro Ulysses Guimarães. Além da abordagem de veículos, buscas foram realizadas com o objetivo de localizar e prender os criminosos. A loja onde o policial estava não foi assaltada, os tiros foram dados apenas em direção à vítima. Até esta publicação, os suspeitos não foram presos.  As imagens de câmeras de monitoramento estão sendo analisadas para buscar pistas sobre os autores do homicídio.
Dois homens entraram em um estabelecimento comercial e realizaram diversos disparos contra o cabo da Polícia Militar | Foto OCP/Divulgação
Ao menos dez tiros foram efetuados e cápsulas de pistola .40 ficaram espalhadas pelo chão. Dois dos disparos acertaram o policial. O Samu chegou ser acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. O cabo Joacir Roberto Vieira trabalhava como policial militar há 19 anos. Atualmente estava lotado no 17° Batalhão da Polícia e atuou no patrulhamento com motos.
Imagens de câmeras de segurança mostram suspeito efetuando os disparos dentro da loja de calçados em Joinville | Foto Reprodução