Policiais militares salvaram a vida de um bebê de apenas quatro meses de vida em Navegantes, no Vale do Itajaí. O caso ocorreu na noite da última quinta-feira (11). Na ocasião, a mãe do pequeno Kaique abordou os agentes, que faziam rondas, pedindo ajuda, pois seu filho estava desacordado e não respondia a estímulos.

Imediatamente, os militares pegaram o bebê e perceberam que ele estava engasgado, além de cianótico, que é um sinal de que não estava mais respirando. Enquanto a guarnição fazia o deslocamento ao hospital, um dos policiais iniciou a manobra de Heimlich, que consiste em colocar o bebê no braço, de bruços, com a cabeça mais baixa do corpo e dar tapas não muito fortes no meio das costas e entre os ombros, até que a criança desengasgue.

Durante a ação, Kaique começou a chorar e voltou a respirar. Ele foi entregue aos cuidados da médica pediatra de plantão, que deu continuidade aos procedimentos. “É extremamente gratificante poder ajudar dessa forma e ver que, no final, deu tudo certo”, relatou o soldado Adriano dos Santos.