Iniciaram nesta semana, as habilitações para o uso dos fuzis, Imbel MD97 e IA2, ambos no calibre 5.56 mm, para todo efetivo da Radiopatrulha do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Criciúma.

Segundo a PM, o treinamento faz parte de um plano de trabalho que permitirá que todas as viaturas possam estar equipadas e possam utilizar esses tipos de fuzis diariamente, como arma de apoio nas ocorrências que necessitam de maior poder de fogo.

A principal característica dos fuzis é seu poder de ação, o qual causa muito impacto e possui grande potencial ofensivo. Indicado para o confronto urbano e rural com quadrilhas fortemente armadas.

O armamento permite uma maior precisão, capacidade de disparos e melhor resposta a uma agressão letal e injusta para prática de crimes. O fuzil Imbel IA2 tem sido usado atualmente pela Força Nacional de Segurança Pública.

"Temos a certeza de que estamos no caminho certo, investindo em equipamentos e treinamento de qualidade para capacitar os policiais a desempenharem o seu papel exitosamente, em busca da excelência", ressaltou o comandante da Unidade, tenente-coronel Sandi Murís de Medeiros Sartor.