O carro de um motorista de aplicativo esfaqueado durante um assalto em Blumenau, no Vale do Itajaí, na noite de quarta (29), foi recuperado pela Polícia Militar após uma perseguição nesta quinta-feira (30). Segundo a PM, o jovem de 19 anos que conduzia o veículo disse que comprou o automóvel por R$ 1 mil.

As informações são do Portal G1.

O motorista de aplicativo havia sido atacado por dois assaltantes na noite de quarta-feira (29). Na ocasião, populares encontraram a vítima caída no Bairro Fidélis e pediram socorro. O homem foi levado com ferimentos graves ao Hospital Santo Antônio.

Nesta quinta, uma denúncia de carro abandonado levou os policiais a um terreno no Bairro Fortaleza, próximo ao Fidélis. Ao chegar, a PM encontrou o veículo ocupado pelo rapaz ao volante, uma mulher e uma criança.

Quando se aproximaram, o condutor fugiu e uma perseguição começou. Segundo os policiais, ele ignorou as ordens de parada, bateu em outros carros e invadiu a contramão várias vezes.

Na Rua Vereador Romário da Conceição Badia, no entanto, ele parou para deixar a mulher e a criança saírem. A fuga continuou em seguida e, quando chegaram ao Bairro Salto do Norte, o homem entrou no Terminal do Aterro, abandonou o automóvel e tentou fugir a pé. Ele foi capturado.

Segundo a PM, assim que o homem foi capturado os policiais descobriram que aquele era o veículo do motorista de aplicativo. O rapaz disse que desmancha veículos e que havia acabado de fazer a compra por R$ 1 mil.

Ele foi preso em flagrante por receptação, desobediência, direção perigosa de veículo em via pública e dano, sendo encaminhado à Central de Polícia Civil. O carro, que tinha marcas de sangue por conta do crime, foi recolhido.