(Foto: Rafael Verch)
(Foto: Rafael Verch)
A DIC (Divisão de Investigações Criminais) de Jaraguá do Sul prendeu nesta quarta-feira (30), o quarto e último envolvido na morte e decapitação de um homem de 66 anos em Corupá, em 14 de março. A prisão ocorreu após Lindomar Samuel Starosky, de 20 anos, se entregar na DIC, na companhia de seu advogado.
O principal autor, segundo a versão dos acusados, foi o primeiro a ser preso, na semana passada. Na segunda-feira (28), dois irmãos, de 18 e 19 anos de idade, foram presos. O homem reforçou a tese dos demais acerca de uma briga pelo fato da vítima ter colocado um peixe no feijão que os demais estavam fazendo. Após ser ouvido, ele foi levado ao Presídio Regional de Jaraguá do Sul.
Com está prisão, todos envolvidos no caso estão presos.  O corpo de Nelson Krobott, de 66 anos, foi encontrado em um matagal no bairro Ano Bom. Anteriormente, moradores haviam localizado a cabeça da vítima dentro de uma sacola plástica.