A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação Criminal (SIC) da Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz e da Delegacia de Anitápolis, prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (05), em Anitápolis, um homem que se dizia juiz de direito aposentado e que já havia ameaçado diversas pessoas com a arma de fogo.

Ele é acusado da prática dos crimes de posse irregular de arma de fogo, falsa identidade e desobediência.

Segundo as investigações, o suspeito alegava ser juiz aposentado para conseguir vantagens pessoais na comunidade, e ainda intimidava desafetos valendo-se da arma de fogo.

Durante a diligência, o homem novamente se apresentou como juiz aposentado, e que ninguém poderia ingressar em sua residência, desobedecendo às ordens. Inclusive, como forma de ludibriar os agentes, o investigado arremessou a arma pela janela em direção a um matagal.

Apesar das tentativas do suspeito de frustrar o cumprimento do mandado, os policiais localizaram a arma de fogo e deram voz de prisão ao indiciado, inclusive pelo crime de falsa identidade e de desobediência.

Após sua condução à Delegacia de Polícia de Santo Amaro, o homem foi autuado em flagrante e permanece à disposição da Justiça.

Quer receber as notícias no WhatsApp?