A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas da 3ª DP da Capital, prendeu em flagrante, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, P.L.M. Ele é investigado pela prática de receptação de medidores da Celesc e Casan, bem como de furto de energia.

Durante o ano de 2018, diversos medidores de energia desviados do almoxarifado da Celesc foram encontrados instalados em diferentes pontos da região Metropolitana da Capital.

Durante a realização de buscas na residência do suspeito, foram encontrados 14 medidores da Casan e constatada a prática do delito de furto de energia e feito o flagrante.

Conforme depoimento de testemunhas, o suspeito, utilizando veículo com adesivo da Casan, passava nas residências construídas em áreas irregulares e se oferecia para instalar medidores de energia e de água pelo valor médio de R$ 2,5 mil e R$ 500, respectivamente.

O suspeito alegava que tal valor serviria para pagar servidores das referidas companhias para que cadastrassem os medidores nos sistemas, e garantia que em 90 dias a situação seria regularizada.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?