O delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, informou agora há pouco que desde que um homem matou cinco pessoas numa creche em Saudades, no Oeste do estado, por volta das 10h desta terça-feira (4), a Polícia Civil adotou todas as medidas necessárias para isolamento e perícia na escola Pró-Infância Aquarela.

O autor do crime está hospitalizado na Associação Hospitalar Beneficente de Pinhalzinho, depois de tentado tirar a própria vida.

A Polícia Civil trabalha na apuração do motivo que levou ao crime.

"Tudo que falarmos agora é preliminar, porque estamos coletando essas informações junto a familiares e testemunhas, em busca de provas e elementos que nos tragam uma possível motivação", disse Casagrande.

A casa do autor, no município de Saudades, foi isolada e averiguada pelos policiais.

"Estão sendo analisados os dados recohidos e a partir daí segue a investigação. Assim que possível vai ser feita a oitiva do autor, que encontra-se nesse momento hospitalizado. A casa do autor também está isolada, sendo recolhidas provas", complementa o delegado.

Segundo Casagrande, não há informações sobre parentesco ou relação com as vitimas. O delegado também não confirma informações que circulam na internet sobre possíveis grupos organizados estarem por trás do atentado.

"Recebemos áudios circulando na internet, mas não tem nada que comprove relação. Agora começa muita especulação, boato, fake news. É muito cedo para afirmar algo categoricamente", finaliza Casagrande.

A Polícia Militar de Pinhalzinho também declarou que áudios que começaram a circular logo após o crime são falsos. Segundo a PM, trata-se de um caso isolado.