Entre 21h de sábado e 1h45 deste domingo (13), foram registradas cinco ocorrências de perturbação do sossego em Jaraguá do Sul e região, segundo a Polícia Militar. Às 21h de sábado (12), quatro cornetas, dois tweeters e um módulo que estavam em um veículo Fiat Uno Mille, foram apreendidos pela PM na rua Padre Donato Wiemes, na Ilha da Figueira. Um adolescente de 17 anos se apresentou como o responsável. De acordo com a PM, ele estava bastante alterado e disse que estava testando o som. Ele afirmou também que não iria desligá-lo, apenas "poderia abaixar um pouco o volume". Logo depois uma mulher de 28 anos se identificou como proprietária do veículo. Ela pediu que os familiares acalmassem o adolescente e informou que havia permitido que o som fosse ligado pelo jovem. A PM disse que a mulher se recusou a entregar os equipamentos de som e foi levada para a delegacia. Lá ela ficou mais calma e aceitou os benefícios da Lei 9.099. O Termo Circunstanciado foi lavrado e a mulher foi liberada após aceitar comparecer perante o Juizado Especial. Às 21h44, ocorreu denúncia de perturbação na rua Pioneiro Luiz Sarti, no bairro Nereu Ramos. De acordo com a polícia, o responsável de 40 anos se negou a cessar a perturbação. Ainda segundo a PM, outro participante da festa, de 39 anos, tentou agredir o autor da denúncia e perturbou também o trabalho dos policiais. Ambos foram encaminhados para a delegacia. Em outra ocorrência no bairro Ilha da Figueira, um aparelho de som foi recolhido às 23h26 após denúncia de perturbação na Servidão 82. O responsável, de 20 anos, assinou o Termo Circunstanciado e comparecerá perante o Juizado Especial em data posterior. No bairro Chico de Paulo, a PM apreendeu um aparelho de som de um veículo Ford Escort por volta da 1h45 na rua Paulo Pakuszewski. O responsável pelo som aceitou comparecer em Juizado. Em Guaramirim, uma guarnição policial flagrou som em volume alto por volta da 00h30 na rua Gabriel Kraisch, no Nova Esperança. Segundo a PM, dois homens de 20 anos e um de 45 anos se negaram a desligar o som. Eles aceitaram comparecer perante o Juizado Especial em data posterior.