A Polícia Militar recuperou, nesta quinta-feira (19), relógios e joias furtados de uma joalheria em Guaramirim. Os 332 itens foram levados de uma joalheria no mês de junho. A ocorrência aconteceu na rua 28 de Agosto, no Centro, após um casal ser flagrado no estabelecimento em que o ocorreu o crime com dois relógios. Houve a prisão em flagrante de um homem de 24 anos e uma mulher de 20 anos.

O casal explicou que haviam adquirido os relógios de outra pessoa. Os policiais militares reuniram informações e foram até uma residência na rua Dona Lídia, no bairro Ilha da Figueira, em Jaraguá do Sul. Uma mulher de 25 anos, acusada por vender relógios oriundos do furto, foi presa com 11 relógios. Ela disse que pegou o material com a prima de 38 anos.

A outra mulher envolvida no caso disse que pegou joias e relógios com um amigo como pagamento de uma dívida de R$ 3 mil. Ela também fazia uso de um relógio furtado, e em buscas na casa dela, foram localizados 41 relógios, 90 pingentes de ouro, 20 anéis de ouro, 9 anéis de prata, 69 pingentes de prata, 43 pulseiras de prata, 6 pulseiras de ouro e 42 correntes de prata.

O terceiro envolvido, um homem de 59 anos, informou aos policiais militares que uma pessoa lhe ofereceu o material por R$ 3 mil e repassou a mulher de 38 anos. Os três foram presos e levados para a Delegacia de Polícia Civil.