A Polícia Militar lançou na semana passada mais uma ferramenta de interação com a população de Santa Catarina. O PMSC Cidadão possibilita que as pessoas enviem fotos, vídeos e áudios para gerar uma ocorrência policial. O download do aplicativo está disponível no Google Play e na Apple Store.

De acordo com a PM, o projeto foi financiado através de uma parceria com o Ministério Público de Santa Catarina. O custo total do aplicativo e integrações foi de R$ 202.493,30. Já para a compra dos servidores de armazenagem dos sistemas, o custo foi de R$ 270.000. Um investimento total de R$ 472.493,3‬0.

Além de ajudar na denúncia de crimes, o aplicativo também vai buscar as ações de proteção à mulher vítima de violência doméstica e familiar no âmbito do Programa Rede Catarina de Proteção à Mulher.

“Poderão ser realizadas denúncias anônimas de violência doméstica, além de solicitação de visitas preventivas por uma guarnição especializada”, afirma o major Joamir Rogério Campos, chefe do setor de tecnologia da PMSC, o Inova.

No futuro, será possível acompanhar o trâmite e visualizar medidas protetivas de urgência (com integração ao sistema do Poder Judiciário), além da disponibilização do Botão de Pânico para as mulheres com medida protetiva. Essas ocorrências terão atendimento prioritário.

Como funciona?

O PMSC Cidadão permitirá ao usuário a possibilidade de acionar a PM de forma mais rápida, com envio dos dados do solicitante, da localização exata e de outros arquivos. Isso permitirá mais agilidade na comunicação e um maior detalhamento da ocorrência.

Apenas durante o atendimento de uma emergência gerada pelo próprio cidadão é que ele será identificado e o seu dispositivo passará a ser rastreado pela Polícia Militar, gerando mais segurança e evitando a realização de trotes.

Durante um atendimento de emergência também é aberto um chat (canal de conversa) entre a central, o cidadão e a guarnição policial em campo. O aplicativo também vai trazer acessibilidade, já que pessoas com deficiência auditiva e palatal poderão utilizar o PMSC Cidadão.

Em versões Android e IOS

Foram desenvolvidas versões para dispositivos móveis com os sistemas operacionais Android e IOS. Para utilizar o aplicativo, o usuário terá que estar conectado à internet, através dos dados móveis ou do wi-fi.

É preciso realizar um cadastro prévio e aceitar a política de privacidade e segurança da informação. A pessoa vai preencher um formulário com foto, CPF, nome, data de nascimento, e-mail, telefone, endereço, além de outros dados complementares.

Todos os dados enviados serão sigilosos e usados apenas pela Polícia Militar para atendimento e proteção ao cidadão. O cidadão deve manter sempre o seu número de telefone e cadastro atualizados.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram