A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou na quarta-feira (13) a formatura dos 924 novos soldados da Corporação. A primeira cerimônia aconteceu na Capital, no Centro de Ensino da PM, às 10 horas. Em Joinville foi as 19 horas na sede do 8º Batalhão de Polícia Militar. Dos 141 soldados, 43 permanecerão no 8º BPM e outros 43 irão para o 17º BPM, ambos em Joinville. Outros municípios da região Norte também vão receber reforço. Cerca de 15 policiais serão divididos entre as cidades de São Francisco do Sul, Araquari, Itapoá e Garuva, todos os municípios vinculados à 5ª RPM. Os outros 40 policiais vão reforçar o 14º BPM, em Jaraguá do Sul e o 23º BPM, em São Bento do Sul, cidades vinculadas à 12ª RPM. Confira o vídeo:  https://www.youtube.com/watch?v=kUaW6wqccqM A cerimônia aconteceu com a presença do governador Raimundo Colombo, do secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, e do comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm. A turma leva o nome do soldado Jaison Carniel, falecido no dia 3 de agosto de 2014, quando foi surpreendido em uma emboscada, em um estabelecimento comercial de Campos Novos. Ele foi ferido com quatro disparos de arma de fogo, à queima roupa, e sem nenhuma chance de defesa. Com mais de 11 anos dedicados ao serviço policial militar, o soldado se despediu precocemente da vida, deixando duas filhas e muitos amigos. Em reconhecimento à sua trajetória de vida, principalmente na Polícia Militar, foi homenageado pelos novos soldados. O governador Raimundo Colombo disse que os policiais vão iniciar as suas atividades em serviços operacionais e na Operação Veraneio a partir da próxima segunda-feira, dia 18. O governador destacou ainda que o Governo do Estado vai continuar com a política de aumentar o efetivo. “Um novo concurso deve ser realizado no ano que vem. Também estamos investindo em tecnologia e inteligência para garantir que a população esteja cada vez mais protegida. O Estado está forte e vai vencer esta batalha contra a criminalidade”, informou Colombo. O curso teve duração de sete meses, com carga horária de 1.284 horas aulas, distribuídas em três módulos, além de estágio operacional. Nesse período, os alunos obtiveram conhecimentos técnicos em legislação, técnicas de policiamento ostensivo, defesa pessoal, ética e relacionamento interpessoal, e atuaram em diversas atividades operacionais e instruções. Policial feminina se destaca com melhor nota
Maria Julia Padilha é uma das nove mulheres formadas e com a maior nota| Foto/Divulgação
Maria Julia Padilha é uma das nove mulheres formadas e, de todo o grupo, obteve a maior média. “Vou buscar realizar o melhor trabalho para garantir a segurança da população. Depois dos ensinamentos obtidos, hoje tenho certeza de que a PM foi a escolha certa para a minha vida”, declarou a policial. O secretário Grubba destacou que, desde 2011, foram realizados 22 concursos públicos na área da SSP, responsáveis pela abertura de 9.344 vagas. “Ao final deste ano, o Governo do Estado dá cumprimento a um de seus mais importantes compromissos com a segurança pública, a nomeação e formação de novos profissionais nos concursos realizados. Estamos atendendo a necessária e urgente recomposição aos efetivos da PolíciaMilitar, da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias." Cerca de 1,5 milhão de ocorrências atendidas neste ano O comandante-geral Paulo Henrique Hemm ressaltou que a corporação conta com mais de 11 mil homens e mulheres em serviço ativo e está presente em todos os municípios do Estado. “Só neste ano foram cerca de 1,5 milhão de ocorrências atendidas, mais de 23 mil prisões efetuadas e aproximadamente 16 toneladas de drogas e 2.520 armas apreendidas. Estes dados servem para demonstrar o tamanho e a importância da instituição. Superar desafios diários, salvar e proteger vidas. Esta é a nossa vocação. Parabenizo todos os novos formandos que agora fazem parte desta grande corporação”.