Enquanto agentes da polícia militar de Guaramirim faziam rondas neste domingo (28), os agentes foram informados por moradores sobre a prática de caça ilegal de pássaros silvestres, por volta das 13h40.

Os policiais foram até o local indicado, na rua Ademar Fontaneli, no bairro Avaí, onde localizaram uma rede armada e logo abaixo uma gaiola com um pássaro da espécie Coleira sem anilha e ainda um celular com cantos de pássaros com o intuito de capturar os animais.

O responsável pelo crime foi identificado, e assumiu que estava praticando a caça. Os policiais apreenderam os objetos e o pássaro e ao homem, de 36 anos, foi oferecido o benefício da lei

Em seguida, foi identificado o responsavel que assumiu a prática da caça. Diante do fato, os objetos e o pássaro foram apreendidos e ao homem de 36 anos foi oferecido o beneficio da Lei dos Juizados Especiais, que foi aceito pelo responsável. Ele foi liberado após se comprometer de comparecer em juízo.

Quer receber as notícias no WhatsApp?