A Polícia Civil concluiu que uma idosa de 79 anos, encontrada morta na quinta-feira (12) em Itaiópolis, no Norte do estado, foi assassinada. Inicialmente, acreditava-se que a morte havia sido em decorrência de causas naturais.

 

 

Os policiais e o Instituto Geral de Perícias (IGP) constataram a existência de ferimentos na vítima, além de coletarem várias provas no local. A principal delas foi um chinelo com manchas de sangue deixado para trás pelo autor do crime.

Conforme as investigações, o assassinato teria ocorrido na noite de quarta-feira (11), e o suspeito seria um morador da região. A princípio, durante o interrogatório, o homem negou os fatos, mas depois teria admitido a autoria, alegando legítima defesa.

Por não ter sido pego em flagrante e em razão de ter se apresentando espontaneamente à polícia, o suspeito não ficou preso e responderá em liberdade.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger