Polícia Federal prende cinco pessoas com droga nas bagagens

Foto: PF/Divulgação

Por: Claudio Costa

03/10/2023 - 06:10 - Atualizada em: 03/10/2023 - 06:24

A Polícia Federal prendeu, em ações distintas, cinco pessoas tentando embarcar com drogas no Aeroporto Internacional de São Paulo.

Nos flagrantes realizados entre sexta-feira (29) e segunda-feira (2), elas tinham passagens marcadas para Portugal, Finlândia, Irlanda, Inglaterra e Tanzânia

Policiais federais foram acionados na sexta-feira (29) por APACs (Agentes de Proteção da Aviação Civil).

Durante a inspeção de bagagens e passageiros que realizam os procedimentos migratórios, as imagens do aparelho de raio-x indicarem algo suspeito nas estruturas da mala, portada por um homem, nacional da Espanha, que pretendia embarcar com destino a Portugal.

Os policiais, ao revistarem a mala suspeita, encontraram três quilos de cocaína. O suspeito foi preso em flagrante.

Uma mala que havia sido reclamada como extraviada por um homem, nacional do México e que havia desembarcado neste aeroporto na quinta-feira (28), chegou no sábado (30) e passou pela inspeção alfandegária, de forma indireta, por meio do raio-x.

As imagens do aparelho revelaram uma grande quantidade de substância suspeita em seu interior.

O passageiro, que estava hospedado na cidade de Guarulhos e veio no mesmo dia buscar sua bagagem, não reconheceu a mala como sendo sua.

Ao ser aberta foram encontrados 16 quilos de metanfetamina, três quilos de maconha e pouco mais de um quilo de canabidiol em gel.

Foi instaurado inquérito policial para se apurar as responsabilidades acerca das drogas encontradas.

Neste mesmo dia duas pessoas foram presas com cocaína nas bagagens.

Uma mulher, nacional da Polônia, levava mais de cinco quilos da droga ocultos dentro de passamanarias. A suspeita tinha como destino final a Finlândia.

Na outra ação, um brasileiro foi flagrado tentando embarcar para a Irlanda com 11 quilos de cocaína.

No domingo (1º), a bagagem despachada por um brasileiro, que embarcaria com destino a Inglaterra, foi retida após análise por meio do raio-x em razão da suspeita de conteúdo ilícito.

O passageiro foi localizado e conduzido à delegacia, onde recebeu voz de prisão após peritos federais, em sua presença e na de testemunhas, encontrarem quase oito quilos de cocaína num fundo falso da mala.

A última ação dos policiais federais, que resultou na apreensão de mais de dois quilos de cocaína, ocorreu na madrugada de segunda (2).

Uma mulher, nacional da Tanzânia, foi flagrada tentando passar pelo controle migratório com a droga oculta nas estruturas de sua bagagem de mão.

Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal onde poderão responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.