A Polícia Civil de Chapecó, por meio da Divisão de Investigação Criminal – DIC, deflagrou na tarde desta quinta-feira (20) a segunda fase da Operação O.R.C.A., que resultou numa das maiores apreensões de drogas dos últimos anos no oeste de Santa Catarina, a maior da corporação nos últimos três anos.

Após cerca de dois meses de investigações específicas sobre o caso, um dos principais armazenadores e distribuidores de drogas da região foi identificado e monitorado pela equipe da DIC, que obteve mandado de busca e apreensão e realizou seu cumprimento na tarde de quinta-feira.

A droga apreendida é avaliada em quase meio milhão de reais | Foto PC/Divulgação

Na residência do suspeito (que não teve o nome revelado) alvo da busca, localizada no bairro Líder, foi encontrado o investigado armazenando mais de 260 quilos de maconha prensada, quase 3 (três) quilos de “skank”, além de um revólver calibre .38 SPL e 40 munições em situação irregular.

Foram apreendidos ainda um veículo, dinheiro e outros elementos relativos ao tráfico de drogas | Foto PC/Divulgação

Além desse material, ainda foram apreendidos um veículo, dinheiro e outros elementos de prova acerca do tráfico de drogas perpetrado. A Polícia Civil acredita que com a ação põe fim a um elaborado esquema de tráfico de drogas na região.

Além do indivíduo investigado, também foi conduzida à delegacia sua esposa, que chegou ao local durante a realização das diligências. A droga apreendida é avaliada em quase meio milhão de reais.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?