A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Santo Amaro da Imperatriz, impediu um golpe e ainda conseguiu recuperar parte do dinheiro que a vítima havia pago ao golpista.

O caso envolveu a venda de um caminhão Ford Cargo ano 2005, via OLX, e aconteceu nesta segunda-feira (25), em Águas Mornas, onde a vítima mora. Ela anunciou a venda do veículo no aplicativo OLX, pelo valor de R$ 100 mil e recebeu o contato de uma pessoa de Rondonópolis (MT), demonstrando interesse na aquisição do veículo. Mais tarde essa pessoa foi identificada como sendo o golpista.

Já desconfiando de um possível golpe, a proprietária do caminhão procurou a Polícia Civil que passou a investigar o caso e logo identificou evidências da trapaça.

Simultaneamente, esse golpista replicou o anúncio do aplicativo, com um valor menor, atraindo a atenção de outra vítima, do Paraná. Esse comprador se deslocou até Águas Mornas para buscar o caminhão e autorizou a esposa a depositar o valor combinado numa agência bancária de Rondonópolis.

Já sabendo do golpe, os policiais evitaram que a moradora de Águas Mornas, que já havia transferido os documentos do Ford Cargo para o comprador do Paraná, caísse no golpe. E ainda conseguiram recuperar R$ 40 mil depositados pela vítima paranaense com a sustação do segundo depósito.

A Polícia Civil alerta para estes tipos de negociações virtuais recomendando, sempre, que seja verificado o real crédito em conta, para que só depois sejam entregues bens ou produtos.

Alerta ainda que comprovantes enviados via Whatsapp podem ser falsos, devendo sempre ser procurada uma agência bancária oficial.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?