Foto Reprodução/Facebook
Foto Reprodução/Facebook

A Polícia Civil investiga o caso do atropelamento e morte da jovem Nayara Greiciele Friedrich, 18 anos, em Jaraguá do Sul.

De acordo com o delegado Rodrigo Carriço, um homem foi apontado como autor do atropelamento. Um inquérito foi aberto com base no artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro, praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Após atingir Nayara e o namorado, Kelitom Baier, 19 anos, o motorista do Volkswagen Gol de cor azul fugiu do local e deixou um passageiro para prestar o socorro. Dentro da investigação, a Polícia Civil vai ouvir testemunhas e buscar outras provas.

“O autor foi identificado por uma testemunha que estava presente no carro. Agora, vamos buscar provas testemunhais de onde ele estava e buscar imagens do local, se tiver. Nós vamos buscar o autor para ouvi-lo”, comenta o delegado que preside o inquérito.

Sem coração

Fernanda Carolina Friedrich, irmã de Nayara, conta que a família soube do acidente pouco tempo após a ocorrência. Ela explica que populares afirmaram que a jovem de 18 anos e o namorado estavam andando no acostamento. O casal estava de costas para o veículo no momento do atropelamento.

“O dono do bar reconheceu o namorado da minha irmã e ligou para os parentes dele e depois formos informados. O motorista fugiu do local e, pelo que a gente soube, voltou para um bar para buscar mais bebida. Ele disse que tinha batido em um cachorro”, revela Fernanda. “Eu acho que ele não tem coração. Ele deveria ser humano nessa hora”, completa.

 

Perda irreparável

Nayara trabalhava atualmente em uma empresa de confecções. Ela havia terminado recentemente o ensino médio e pensava em fazer faculdade de ciências contábeis, mas também estudava a possibilidade de fazer algum curso técnico.

A garota ainda estava pensando no que fazer na vida, mas tinha o carinho de toda a família, residente no bairro Ano Bom, em Corupá.

“Quem conhece ela, sabe que era uma pessoa simpática, alegre e de bem com a vida. Foi uma perda irreparável. Ela era uma ótima irmã”, lamenta Fernanda.

Internação após o acidente

O acidente ocorreu rua Leodato José Garcia, no Ribeirão Cavalo, na noite do dia 16 de fevereiro. Nayara e Kelitom, morador daquele bairro, estavam indo a um supermercado quando foram atingidos, por volta das 21h30.

A jovem foi conduzida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em estado grave ao hospital. Kelitom foi atendido com várias escoriações pelo corpo e conduzido pelos bombeiros para a unidade de saúde.

Após passarem por cirurgias, os dois foram internados na unidade. Nayara foi para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e Kelitom para um dos quartos. Ele teve alta no dia 22 de fevereiro.

Médicos da unidade chegaram a realizar exames para verificar se a jovem teve morte cerebral no dia 19 de fevereiro, mas o óbito só foi confirmado nesta quarta-feira (27). Depois, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Jaraguá do Sul.

O velório começou às 21h de quarta na residência da família, no bairro Ano Bom O enterro está programado para às 11h desta quinta-feira (28), no Cemitério Municipal de Corupá.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?