A Policia Civil divulgou, na terça-feira (1º),  o resultado da operação “Apagão”. Realizada em Balneário Piçarras , a ação teve como objetivo conter o crescimento desordenado na área que compreende o final das ruas Ilhota e Santa Luzia, considerada de invasão, além de inibir a prática reiterada de crimes, como o tráfico de drogas, furtos e roubos. Ao todo, foram cumpridos 14 Mandados de Busca e Apreensão, que resultou em sete pessoas presas pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e adulteração de sinal identificador veicular e furtos de energia elétrica. De acordo com a Polícia Civil, a ação contou com apoio de policiais militares e se concentrou no bairro Itacolomi. A Casan e a Celesc notificaram os moradores acerca de ligações hidráulicas irregulares e do corte da eletricidade das residências onde o furto de energia foi constatado. Além dos policiais civis, participaram fiscais da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Balneário Piçarras, Conselho Tutelar, agentes da Casan e da Celesc.