A Polícia Civil deflagrou a Operação Limpa Loja e cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e 16 mandados de busca e apreensão contra integrantes de uma associação criminosa, na manhã desta terça-feira (14), na Grande Florianópolis.

As ações foram em Florianópolis, Palhoça, São José e no sistema prisional e faz parte de uma força-tarefa das Delegacias de Polícia das Comarcas de Tubarão, Santo Amaro da Imperatriz, Biguaçu e Rio do Sul.

Realizada em conjunto pelos Setores de Investigação das referidas delegacias, a apuração começou após uma série de furtos a estabelecimentos comerciais, durante o período noturno, com rompimento de obstáculo e demais características de modus operandi, sempre resultando na completa limpa das lojas, em diversas cidades do Litoral ao Vale catarinense.

Onde eles agiam

Arte/Polícia Civil

 

Conforme o delegado Arthur de Oliveira Lopes, da DP de Santo Amaro da Imperatriz, algumas lojas chegaram a ser furtadas duas vezes pelo mesmo bando, que realizava preparação e contava com um fornecedor de veículos para as empreitadas.

A investigação contou com o auxílio de importantes informações de inteligência da Polícia Rodoviária Federal (NOE e GPT) e da Guarnição Especial de Santo Amaro - GESA da Polícia Militar, os quais também participaram da operação.

A ação desencadeada nesta terça-feira contou com o apoio das seguintes unidades policiais civis: Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais - CORE; DIC de Palhoça; DIC de São José; DIC de Rio do Sul; DPCO de Palhoça; DPCAMI de Palhoça e DPCO de São José. Foram mobilizados 62 policiais e utilizadas 17 viaturas.

Após as diligências, os presos foram interrogados e encaminhados ao sistema prisional.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança