Polícia Civil prende mulher que torturou bebê em creche clandestina

Foto: Polícia Civil MS/Divulgação

Por: Claudio Costa

28/07/2023 - 09:07 - Atualizada em: 28/07/2023 - 09:20

A Polícia Civil prendeu uma mulher que torturou um bebê em uma creche clandestina em Naviraí, no Mato Grosso do Sul.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido por policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher nesta quinta-feira (27).

A cuidadora, de 26 anos, já havia sido presa em flagrante no dia 10 deste mês, quando foi vista ministrando medicamento a uma bebê na creche clandestina no bairro Sol Nascente.

A medicação foi dada para que a criança dormisse e não tinha prescrição médica ou autorização dos pais.

Em um primeiro não havia elementos de sua participação efetiva nas agressões, em tese, praticadas contra crianças pela proprietária da creche.

Desse modo, a funcionária teve liberdade provisória concedida após o recolhimento de fiança.

Porém, durante as investigações, que se estenderam por 10 dias, foram obtidos novos elementos pela Polícia Civil.

Os policiais civis verificaram que a cuidadora estava presente nos momentos em que a proprietária praticou agressões físicas e verbais contra uma bebê, ou seja, se omitiu ao presenciar as torturas.

Além disso, a investigação constatou que a mulher também teria praticado agressão física contra a bebê.

Diante das provas de materialidade e indícios suficientes de autoria, a Polícia Civil representou pela cassação da fiança e decretação da prisão preventiva.

A medida cautelar teve parecer favorável do Ministério Público e foi deferida pelo Poder Judiciário para fins de garantia da ordem pública e resguardar eventual aplicação da lei penal.

A cuidadora está recolhida em cela apropriada e à disposição da justiça.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.