A Polícia Civil prendeu um homem condenado por estuprar a filha, na época com 12 anos, em Corupá. Os agentes cumpriram o mandado de prisão contra Gilmar Krisanski na manhã desta quarta-feira (4), por volta das 10h, no bairro Vila Isabel.

De acordo com o agente Toni Isperling Rodrigues, responsável pela Delegacia de Polícia Civil de Corupá, o crime ocorreu em 2009. O Conselho Tutelar recebeu a denúncia e encaminhou o caso para a Polícia Civil, que investigou o caso e encaminhou o inquérito à Justiça.

Krisanski foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina pelo crime de estupro de vulnerável e respondia ao processo em liberdade. Após a sentença de prisão em regime fechado, o mandado foi expedido na semana passada pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Jaraguá do Sul.

“Nós verificamos no nosso sistema que ele tinha esse mandado de prisão em aberto. Essa é uma parte do nosso trabalho e estamos cumprindo os mandados de prisão em aberto na cidade, principalmente os de abuso sexual contra crianças”, comenta Rodrigues.

Após os procedimentos, Gilmar Krisanski foi levado para o Presídio Regional de Jaraguá do Sul.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):