A Polícia Civil investiga uma racha inusitado registrado na tarde do último sábado (29). De acordo com apuração feita pelo jornal Folha de S. Paulo, dois homens foram filmados fazendo um racha entre charretes no quilômetro 65 da rodovia Raposo Tavares, em Mairinque, no interior de São Paulo. Um dos condutores foi identificado, prestou depoimento e negou que estivesse apostando uma corrida.

No episódio, um dos cavalos caiu e ficou machucado. O suspeito identificado era o condutor da charrete que se acidentou. O outro estava na pista ao lado e bloqueava a passagem de veículos. O motorista de um carro filmou o racha. Segundo a delegada Fernanda Ueda, o condutor que caiu disse que estava apenas passeando com o cavalo. Mas a charrete é adaptada para a prática.

A delegada afirma que os dois homens podem pegar até três anos pelo crime de abuso e maus-tratos a animais, além de expor a vida de outras pessoas em perigo. Os dois homens também estão sujeitos a multas por crimes ambientais. A Polícia Civil busca identificar o outro condutor e o motorista do carro. O cavalo machucado não foi encontrado.

&feature=youtu.be

Com informações da Folha de S. Paulo.