Polícia Civil indicia motorista da DTT de Criciúma envolvido em acidente com morte de jovem

Por: OCP News Criciúma

19/04/2023 - 10:04 - Atualizada em: 19/04/2023 - 10:48

O motorista da van da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma, que atingiu uma motocicleta causando a morte do jovem condutor, foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, com o agravante de omissão de socorro.

O inquérito policial foi concluído pelo delegado Márcio Campos Neves, da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Criciúma, e remetido ao Fórum para análise do Ministério Público (MP) e, posteriori, do Poder Judiciário.

A morte do jovem Adrian Guimarães Bernardo, de 22 anos, no final do mês de fevereiro, causou bastante comoção na cidade.

Amigos, familiares e trabalhadores de tele-entrega realizaram uma manifestação que partiu de Prefeitura e percorreu a Avenida Centenário, pedindo por justiça, inclusive com a presença da moto da vítima.

Adrian Guimarães Bernardo tinha 22 anos e morava em Forquilhinha

O jovem não resistiu ainda no local após ser atingido pela van. O veículo estava com a documentação atrasada e o motorista recusou fazer o teste do bafômetro.

Ele alegou não ter visto a moto e parou após ser abordado por populares. Passou por audiência de custódia e segue respondendo por homicídio culposo em liberdade.