A Polícia Civil identificou a mulher que abandonou uma bebê recém-nascida dentro da lixeira de um condomínio em Balneário Camboriú. Ela tem 31 anos e já prestou depoimento na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) da cidade.

O caso foi registrado na tarde do último sábado (28). Na ocasião, um catador de recicláveis percebeu uma movimentação nos entulhos e ligou para o Samu. A equipe de socorristas esperava encontrar um animal, mas se deparou com a recém-nascida, aparentemente prematura, de aproximadamente 28 semanas.

A menina estava de barriga para baixo, dentro de uma caixa de sapatos, e respirava com dificuldade. Ela foi encaminhada para a UTI Neonatal do Hospital Municipal Ruth Cardoso, onde permanece em quadro estável.

A partir das imagens do circuito de segurança de edifícios localizados nas proximidades de onde a bebê foi deixada, a Polícia Civil conseguiu identificar a mulher. Levada para interrogatório, ela respondeu a alguns questionamentos e confessou de maneira informal a conduta praticada.

Depois, a mulher foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames. Também foi providenciada a análise do local do crime pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). O inquérito policial será finalizado nas próximas semanas e encaminhado ao Judiciário.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: