A Polícia Civil fechou uma fábrica que realizava a falsificação de carros esportivos de luxo em Itajaí. A ação ocorreu nesta segunda-feira (15), em um imóvel no bairro Itaipava. Foram apreendidos chassis, moldes, ferramentas e fibras utilizados na fabricação clandestina de réplicas de modelos da Ferrari e da Lamborghini. 

De acordo com a Polícia Civil, os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial. Foram apreendidas oito automóveis semi-montados. As réplicas das marcas italianas eram vendidas por valores entre R$180 mil e R$ 250 mil. Os veículos eram montados por encomenda e tinham venda divulgada por meio de redes sociais. 

Foto: Polícia Civil/Divulgação

As investigações, coordenadas pelo Delegado Angelo Fragelli, da Delegacia da Comarca de Itajaí, começaram a ser realizadas depois que representantes das próprias marcas entraram em contato com a Polícia Civil de Santa Catarina. Os envolvidos na fábrica clandestina são considerados pela polícia como os principais falsificadores das marcas no Brasil, e comercializavam veículos para todo o país.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger