A Polícia Civil esclareceu o homicídio de Mariane Kelly Souza, de 35 anos, cujo corpo foi encontrado no dia 9 de abril, no rio Itajaí-Açu, em Navegantes, com mais de vinte perfurações causadas por golpes de faca. No dia anterior, por volta das 18h50, ela pegou carona com um conhecido, em Itajaí, e não foi mais vista.

Após as investigações, três pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão temporária: o marido da vítima, suspeito de planejar e coordenar o crime; a sua amante e o genro dela, que executaram o assassinato.

De acordo com a Polícia Civil, além dos três suspeitos já detidos, houve a participação de um adolescente que fugiu para o Recife (PE) e não foi localizado até o momento.

As investigações concluíram que o crime foi praticado para que o casal ficasse com a casa e o patrimônio da vítima. Já os outros dois envolvidos receberam a promessa do pagamento de R$ 2,5 mil para cada um. Os investigados, exceto o marido da vítima e o menor ainda foragido, confessaram a autoria e deram detalhes do crime.

Os suspeitos permanecerão à disposição da Justiça. O inquérito policial será finalizado nos próximos dias com pedidos de conversão das prisões temporárias em preventivas.