A Polícia Civil desvendou um crime, que inicialmente fora denunciado como um estupro, nesta terça-feira (15), em Santo Amaro da Imperatriz. Segundo o Delegado Rodrigo Mayer, na semana passada, uma mulher registrou um boletim de ocorrência informando ter sido estuprada. “Todas as diligências para casos como este foram adotadas, tendo inclusive a suposta vítima sido levada ao Instituto Geral de Perícias por um agente de polícia”, explica. De acordo com o Delegado, no decorrer das investigações, entretanto, foi descoberto que, na verdade, nenhum estupro tinha ocorrido. A mentira foi contada para esconder um escândalo familiar. “A mulher confessou ter inventado a história e agora responderá pelo delito de falsa comunicação de crime. Casos como este infelizmente não são incomuns e atrapalham muito o trabalho policial”, afirma.