A Polícia Civil e o Procon estadual realizaram uma operação em Criciúma para fiscalizar o comércio de dispositivos "TV Box" e telefones celulares não homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Durante a manhã e início da tarde desta quinta-feira, policiais civis da Delegacia Regional e 1ª e 2ª DP's, em conjunto com fiscais do Procon estadual, inspecionaram cerca de dez pontos de venda de dispositivos eletrônicos conhecidos como "TV Box" e de aparelhos telefônicos celulares, estabelecidos na região central da cidade.

Foram apreendidas cerca de 30 peças, entre "TV Box" e celulares da marca Xiaomi.

Segundo a Polícia Civil, os dispositivos "TV Box" não são homologados pela Anatel e se propõem a "transformar" televisores comuns em smarth, bem como captar de forma irregular e gratuita sinais de TV pagos.

Já os celulares da Xiaomi apreendidos não possuem homologação da Anatel. Ainda, conforme o Procon, os aparelhos são alvos de reiteradas reclamações por falhas no funcionamento.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul