Ação ocorreu nesta quarta-feira (8) | Foto: Polícia Civil/Divulgação
Ação ocorreu nesta quarta-feira (8) | Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil e o Procon interditaram quatro fábricas de álcool em gel em Santa Catarina. A ação, que também resultou na prisão em flagrante de três pessoas, ocorreu nesta quarta-feira (8).

No Norte do estado, em Araquari, foram três empresas interditadas e três pessoas presas em flagrante por crimes contra a saúde pública, as relações de consumo e o meio ambiente.

Foram constatados que diversos produtos não obedeciam aos critérios de qualidade e eficiência preconizados pela legislação e pela Anvisa. Eles apresentavam concentração do álcool etílico abaixo dos 70%.

Durante os trabalhos de fiscalização, a Polícia Civil verificou que, além das infrações administrativas, os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais também praticaram infrações penais e, por isso, ocorreram as prisões.

Sul do estado

Uma fábrica também foi interditada no bairro Revoredo, em Tubarão, no Sul do estado. As análises laboratoriais realizadas constataram que a concentração de álcool nos produtos conhecidos como "álcool 70" era inferior ao indicado na embalagem e ao recomendável.

Assim, o produto não apresenta a eficácia prometida, principalmente quanto à desinfecção e higienização das mãos e objetos para a prevenção ao coronavírus.

A empresa deve informar amplamente os consumidores que adquiriram os produtos sobre essa constatação e providenciar a imediata retirada dos produtos que estejam sendo comercializados por revendedores. Um inquérito policial será instaurado para apurar a responsabilidade penal dos envolvidos.

Fonte: Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança