Polícia Civil e MPSC investigam desembarque de pessoas em situação de rua em Florianópolis

Foto: Arquivo/Secom

Por: OCP News Florianópolis

23/01/2024 - 11:01 - Atualizada em: 23/01/2024 - 11:13

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Decrim), instaurou inquérito policial para investigar um ônibus que teria trazido 40 pessoas, em tese, em situação de vulnerabilidade, oriundos da Bahia, para Florianópolis.

Estão sendo apurados crimes como o tráfico de pessoas, a questão do transporte clandestino e os responsáveis pelo envio dessas pessoas para Santa Catarina.

A ação. O promotor Daniel Paladino, da 30ª Promotoria de Justiça da Capital, classificou o caso como “flagrante de situação de indignidade da pessoa humana”.

Conforme a denúncia, um ônibus teria deixado neste mês cerca de 40 passageiros no terminal urbano do bairro Trindade. A prefeitura de Teofilândia (BA) nega a ação.

De acordo com os dados da Secretaria de Assistência Social de Florianópolis, 968 pessoas em situação de rua estão cadastradas no município. Dessas, apenas 123 são da capital, enquanto 667 são de outros estados.