Polícia Civil e Exército realizam ação contra o comércio ilegal de armas em Balneário Camboriú

Foto: PC/Divulgação

Por: Claudio Costa

03/09/2022 - 11:09 - Atualizada em: 03/09/2022 - 11:22

Nesta sexta-feira (2), a Divisão de Investigação Criminal de Itajaí realizou uma ação conjunta com o Exército, por meio do 63º Batalhão de Infantaria.

O objetivo é coibir o comércio ilegal de armas de fogo.

Os policiais civis e os militares do Exército cumpriram um mandado de busca e apreensão na residência de um suspeito para fiscalização de armas que ele havia adquirido.

A compra ocorreu mesmo após o homem ter sido autuado por irregularidades administrativas quanto à posse do armamento.

Foram apreendidos também elementos para a continuidade das investigações na esfera criminal.

Após a troca de informações entre as Instituições, foi apurado que o homem, morador de Balneário Camboriú, teria adquirido de forma regular um acervo de nove armas de fogo.

As compras levantaram suspeitas pelo alto valor do armamento – avaliado em cerca de 85 mil reais – frente a capacidade financeira do investigado, além de terem sido verificados vínculos entre ele e indivíduos indiciados pelo cometimento de crimes graves.

 

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.