*Com informações da assessoria de imprensa Foto: Ilustrativa Um crime ocorrido no dia 22 de fevereiro deste ano, que vitimou um engenheiro de 64 anos, na Rua Renato Merlim Cunha, Praia Brava, Itajaí, foi solucionado pela DIC de Itajaí. A vítima foi assassinada com disparos de uma pistola calibre 9 mm. Cinco pessoas foram identificadas por envolvimento no crime. Assim que iniciaram as diligências investigativas e ao analisar imagens de monitoramento, os policiais conseguiram identificar uma motocicleta nas proximidades do local. Era uma Honda/CG 125 TITAN, que pertencia a um dos suspeitos detidos. Suspeita-se que a moto foi usada pelos assassinos do engenheiro. De acordo com o Delegado, um dos cinco suspeitos publicava mensagens em rede social ostentando obtenção de dinheiro com o delito. A vítima havia recém deixado o posto de diretor de projetos de uma Secretaria de Planejamento e o crime era tratado como execução. O Delegado de Polícia responsável pela DIC de Itajaí, Weydson da Silva, apresentou a conclusão do inquérito e fez coletiva na tarde de terça-feira (20), sobre o assunto.