Polícia Civil deflagra a Operação 4×4 em Balneário Camboriú, Joinville e outras três cidades

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por: Claudio Costa

28/09/2023 - 08:09 - Atualizada em: 28/09/2023 - 08:36

A Polícia Civil deflagrou a Operação 4×4 em Balneário Camboriú.

A ação realizada nesta quinta-feira (28) partiu de uma investigação feita em parceria com a Polícia Militar e a Guarda Municipal de Balneário Camboriú.

O objetivo é desarticular uma organização criminosa responsável pelo furto, adulteração e encaminhamento de caminhonetes de luxo para desmanches em outros estados e países vizinhos.

No curso das investigações, os investigadores apuraram que o grupo criminoso foi responsável pela subtração de aproximadamente 20 caminhonetes durante o ano de 2023.

Segundo a PM, 19 veículos foram recuperados, alguns deles já adulterados e em outras cidades de Santa Catarina.

Na ação foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva em desfavor do núcleo principal desse grupo criminoso e 15 mandados de busca e apreensão.

Os alvos estavam nas cidades de Balneário Camboriú, Camboriú, Joinville, São José dos Pinhaise (PR) e Paiçandu PR).

Após a subtração das caminhonetes, os investigados faziam contato com as vítimas, exigindo o pagamento de determinado valor em dinheiro para que o bem fosse devolvido, caracterizando também o crime de extorsão.

Das diligências foram apreendidos objetos e equipamentos que serão analisados pela equipe da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) e pela Polícia Científica.

A operação contou com o apoio da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Balneário Camboriú, da DIC de Joinville, da Polícia Civil do Paraná, do Centro Integrado de Operações de Fronteira do Ministério da Justiça e outras delegacias da Deic.

A Polícia Civil agradeceu o apoio da 1° Vara Criminal de Balneário Camboriú e da 1° Promotoria Criminal de Balneário Camboriú na rápida análise e deferimento das medidas cautelares pleiteadas.

 

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.