A Polícia Civil prendeu, na tarde desta segunda-feira (30), em Balneário Camboriú, um homem de 19 anos acusado de torturar e matar o enteado de apenas um ano de idade. O crime aconteceu São Jerônimo da Serra, no Norte do Paraná. A operação foi realizada pelo Setor de Capturas da Divisão de Investigação Criminal (DIC). As investigações se começaram após a criança dar entrada no último dia 18 em um hospital de Londrina. O menino tinha traumatismo craniano, diversos hematomas e marcas de mordidas. Primeiramente, a mãe e o padrasto disseram aos médicos que a criança havia caído de um sofá. Porém, diante da natureza das lesões e do andamento das investigações, a mãe revelou que seu companheiro seria o verdadeiro autor das agressões que levaram seu filho à óbito na quinta-feira passada (25). Diante da decretação de sua prisão preventiva, o suspeito fugiu para Balneário Camboriú. O homem estava trabalhando como auxiliar de pedreiro quando foi localizado e preso pelos agentes da DIC. Com informações do Click Camboriú.