Depois de cinco anos sofrendo abusos, uma menina de 14 anos, tomou uma decisão importante: criar coragem e denunciar que era estuprada pelo padrasto. Os crimes eram cometidos dentro da casa bastante humilde da vítima, em São Francisco do Sul.

O caso vem sendo investigado pelo delegado da Polícia Civil de São Chico, Rafaello Ross, há dois meses. Nesta terça-feira (30) a equipe de Ross localizou e prendeu o agressor sexual. A identidade dele não foi divulgada como forma de proteção e para não expor a adolescente. O homem de 36 anos irá responder ao crime de estupro de vulnerável.

Ela contou à polícia que era violentada desde os nove anos.

“As investigações deste tipo de crime são acompanhadas por nosso psicólogo policial, que além de oferecer um respaldo psicológico à vítima, produziu laudo concluindo pela ocorrência dos abusos por parte do padrasto e da omissão da mãe da menina, cujo comportamento foi considerado como típico apresentado por vítimas de abuso sexual”, disse o delegado Rafaello Ross.

O homem foi levado a UPA (Unidade Prisional Avançada) de São Francisco do Sul.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger