A Polícia Civil de Joinville, por meio de agentes da Delegacia de Homicídios (DH), prendeu o suspeito do homicídio de Jacinto Luiz Betlinski, de 55 anos, ocorrido no dia 15 de março, no bairro Nova Brasília, na zona Oeste de Joinville.  A investigação foi concluída nesta segunda-feira (26).

Quer receber as notícias do Jornal de Joinville? Basta clicar aqui
A vítima foi esfaqueada na rua Cidade de Atalaia e morreu no hospital São José no mesmo dia do crime. Na ocasião, durante o atendimento na cena do assassinato, a equipe da DH obteve informações preliminares sobre a ação criminosa, a motivação precária do crime e a identificação do suspeito.
O suspeito foi interrogado e acabou confessando o homicídio. Segundo a Polícia Civil, ele afirmou que agiu motivado por uma dívida de origem lícita em razão de um serviço prestado. 
Leia mais:
- Homem morre após ser esfaqueado na zona Oeste de Joinville
A vítima estava em um Chevrolet Celta, com placa de São José (SC), quando o suspeito quebrou o vidro traseiro do veículo. Jacinto desceu do carro e os dois começaram uma discussão. O agressor pegou uma faca e desferiu um golpe contra o peito de Jacinto.
A vítima foi sepultada no cemitério do bairro Iririú, em Joinville, um dia após o crime.
Crimes anteriores

Conforme a Polícia Civil, o suspeito também responde por crimes patrimoniais no estado do Rio Grande do Sul. Há, inclusive, ordem de prisão oriunda do Poder Judiciário daquele estado. 

Ele foi conduzido ao Presídio Regional de Joinville.