A Polícia Civil de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, cumpriu na manhã desta terça-feira (15) mandados de busca e apreensão e prisão preventiva em investigação de crime de tentativa de feminicídio.

O crime ocorreu na manhã do dia 22 de janeiro, quando os suspeitos, dois jovens, de 18 e 19 anos, colocaram a vítima dentro de um veículo prometendo que a levariam para Imbituba (praia do Rosa).

No entanto, eles foram até o bairro Pagará, na cidade de Santo Amaro da Imperatriz, para matá-la.

A vítima foi agredida e ficou desacordada. Em seguida, os suspeitos atearam fogo à vítima, no meio de um canavial. O crime, porém, não se consumou, e a vítima conseguiu ajuda e foi encaminhada ao Hospital de Santo Amaro da Imperatriz.

Investigadores da Delegacia de Polícia de Santo Amaro chegaram até os suspeitos do crime, inclusive com reconhecimento deles por parte da vítima e de testemunha. Ambos seriam moradores de Santo Amaro da Imperatriz.

Suspeitos foragidos

Durante as buscas, os suspeitos não foram localizados e são considerados foragidos.

Em uma das residências, no bairro Aririú, em Palhoça, foi apreendido o veículo utilizado no crime, que passará por exame pericial.

Além disso, o pai de um dos suspeitos foi preso em flagrante por tráfico de drogas. O homem foi encontrado com balanças de precisão, embalagens, caderno de anotações do tráfico e cocaína embalada para a venda, além de um torrão para fracionamento.