Na manhã desta segunda-feira, policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Palhoça deram cumprimento a um mandado de prisão definitiva, expedido pelo Poder Judiciário da Comarca de Criciúma, pelo crime de estupro de vulnerável.

A condenação, de 22 anos, é fruto de investigações da DPCAMI de Criciúma em 2014.

Após a delegacia especializada de Criciúma repassar informação quanto à condenação do autor dos delitos, e de que ele estava residindo em Palhoça, policiais civis diligenciaram em diversos endereços em que ele poderia estar.

Despistar

Nesta manhã, o criminoso foi encontrado no bairro Jardim Eldorado, na casa de amigos.

Durante as diligências, descobriu-se que o condenado pagava um aluguel de uma kitnet, mas morava em outro local, para dificultar a ação da polícia.

Após cumpridas as formalidades legais, o preso foi encaminhado à Penitenciária de Florianópolis.