Polícia apreende documentos na Câmara de Camboriú por suspeita de fraude em diárias

Polícia apreende documentos na Câmara de Camboriú por suspeita de fraude em diárias Polícia apreende documentos na Câmara de Camboriú por suspeita de fraude em diárias

Segurança

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sexta-feira, 06:59 - 09/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
Uma operação da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Balneário Camboriú apreendeu documentos na tarde desta quarta-feira (07) na Câmara de Vereadores de Camboriú, no Litoral Norte de SC. São apurados pagamentos de diárias a servidores e parlamentares na legislatura passada para cursos de capacitação feitos em Curitiba, Florianópolis e Brasília que podem nunca terem ocorridos. De acordo com a Divisão de Investigação, trata-se de um desdobramento da Operação Iceberg, deflagrada pela Divisão de Defraudações da DEIC no final de 2015 e que teve como alvo a Câmara Municipal de Tijucas. A apreensão dos documentos ocorreu no final da tarde, perto das 18h, e chamou a atenção das pessoas que circulavam por perto da sede do Legislativo Municipal. Segundo informações do DIC, “três empresas sediadas em Curitiba celebravam contratos com órgãos legislativos para o fornecimento de cursos fictícios aos seus membros e servidores, os quais recebiam as diárias pelas participações sem terem assistido a qualquer aula”. Por meio de nota, a Câmara de Vereadores de Camboriú disse que “está disposta a colaborar com a investigação e aguarda novas informações sobre o caso”. Disse também que “a investigação é referente ao pagamento de diárias irregulares e empresas que ofereciam cursos à vereadores e funcionários públicos, em legislaturas anteriores. Os documentos recolhidos correspondem ao período entre 2007 e 2015”.
×